Ligue-se aos seus leads estrangeiros

A sua empresa subscreve em portais imobiliários internacionais e publica os seus imóveis na rede de portais ListGlobally. Muito bem!

Agora que recebe leads de clientes estrangeiros, está a interagir com pessoas de diferentes culturas. Mas está preparado para conduzir negócios com um lead estrangeiro? As diferenças culturais precisam ser superadas nas conversas por e-mail ou telefone, da mesma forma que acontece pessoalmente.

Pesquise os hábitos locais antes de fazer negócios num país distinto.

Recolhemos algumas dicas sobre etiqueta telefónica e e-mail na área de negócios em todo o mundo, as duas formas utilizadas pelos agentes como primeiro contato para qualificar um lead estrangeiro. Além disso, aprender sobre as boas práticas internacionais de negócios é importante!

As boas práticas no ramo imobiliário variam de país para país. A National Association of Realtors compilou um documento de apoio de fácil compreensão, onde se destacam algumas restrições acerca de compradores estrangeiros em alguns países:

Etiqueta no e-mail

No atual mercado global é importante desenvolver uma etiqueta de e-mail intercultural eficaz. Eis quatro pontos a considerar quando envia e-mails a leads de outras culturas.

1. Mostre um estilo global

Quando escreve para uma audiência global, o seu estilo de escrita deve ser prático e em linguagem padrão. Foque-se em terminologia geral de negócios, em vez de utilizar vocabulário especializado ou jargão. Evite expressões idiomáticas, frases complexas, gíria, e referências a eventos ou atitudes específicas do país.

Uma tradução em inglês na caixa de uma poltrona produzida na Alemanha: “Chair stuffed with arms.”

Seja cauteloso na utilização de humor ou ironia, uma vez que pode ser mal interpretado fora do contexto cultural.

2. Mantenha o padrão

Os formatos globais padrão podem diferir. Reveja o formato das datas, horas, números, símbolos e unidades de medida, e certifique-se que especifica as diferenças horárias no seu e-mail.

Em França, 12.10.2020 refere-se a 12 de outubro de 2020, mas nos Estados Unidos refere-se a 10 de dezembro de 2020.

Escreva o nome dos meses e tente ser o mais claro possível na sua mensagem. O Global EDGE é um excelente local para encontrar informação acerca das convenções para números, símbolos, e outros padrões internacionais.

3. Fuso horário

Devido à grande variedade de diferenças horárias, as horas de trabalho e descanso podem não ocorrer simultaneamente para ambas as partes. Uma boa tática é acusar a receção do email, mesmo que não tenha tempo de responder a todas as questões no momento.

 Na última semana de outubro a Europa volta ao horário de inverno!

O destinatário irá valorizar o facto de ter acusado a receção do seu pedido de informação, mesmo que exista uma diferença de fuso horário.

4. Contexto cultural

Em algumas culturas, a escrita direta e concisa pode vista como eficiente e atenciosa, enquanto em outras culturas pode ser considerada curta ou impessoal.

Numa cultura de baixo contexto, como os Estados Unidos, Inglaterra e Alemanha, os destinatários valorizam o ser direto, e preferem começar a fazer negócio por e-mail, em vez de perder tempo com simpatias. Numa cultura de alto contexto (China, Índia, Japão, Médio Oriente, Espanha), o detalhe é valorizado e é respeitada a relação na condução dos negócios.

Ler mais sobre Edward T. Hall’s e a diferença entre culturas de alto e baixo contexto.

Ao enviar um e-mail a leitores internacionais, considere as suas preferências culturais para ajudar a estabelecer uma relação de profissionalismo e respeito.

Para mais dicas sobre como se relacionar com clientes estrangeiros, veja o video da ListGlobally.

Etiqueta telefónica

Por vezes os agentes não se apercebem que o estilo e tom de conversação pode ser visto como desanimador ou até mesmo ofensivo para o seu lead internacional.

Deixamos aqui algumas práticas interessantes que o ajudarão a navegar nas armadilhas multiculturais quando fala com um lead de um país estrangeiro.

 Pontos importantes por país

  Austrália

Os negócios na Austrália costumam ser casuais, por isso tente não ser demasiado formal nas conversas com clientes. As relações de negócios têm um lado mais social, pelo que não espere que as conversas sejam totalmente focadas no negócio. Seja ousado, uma vez que os seus pontos de vista serão respeitados, mesmo que sejam diferentes dos do seu cliente. Não agende telefonemas que possam ir para além do horário laboral. Os australianos valorizam o equilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal.

  Brasil

A cultura brasileira é cheia de vida e expressiva, por isso não se surpreenda com conversa informal antes de entrar em qualquer tema de negócios mais sério. Os brasileiros costumam fazer pequenos murmúrios durante a conversa para que saiba que continuam a ouvi-lo, um hábito proveniente de tempos remotos quando as linhas telefónicas ainda não eram fiáveis. Prepare-se para lhe perguntarem quem é, mesmo que a chamada tenha sido previamente combinada.

   China

Na China é sempre aceitável responder a uma chamada, mesmo durante reuniões. Não ignore uma chamada, pois é comum na China tocar repetidamente se o telefone não for atendido.

França

Para pequenos assuntos, não telefone. Os franceses preferem um e-mail rápido ou um SMS, a menos que o assunto seja muito importante. Muitos empresários franceses percebem e falam inglês. Sinta-se à vontade para interromper ocasionalmente, uma vez que se trata de um estilo conversacional comum e é visto com entusiasmo.

Itália

Tente construir um relacionamento pessoal com os seus leads italianos. Personalidade e confiança são elementos vitais para fazer negócios com italianos. Não deixe longas mensagens no voicemail, apenas uma curta mensagem informando que ligará mais tarde.

   Japão

Na cultura japonesa é considerado extremamente rude responder a uma chamada telefónica em locais públicos, por isso certifique-se que agenda as suas chamadas para horas em que estejam ambos no escritório. O consenso de ambas as partes e hábitos ancestrais prevalecem na cultura empresarial japonesa. Um “sim” de um cliente japonês pode significar um “talvez”, ou mesmo uma forma educada de dizer “não”.

     México

Seja persistente. É normal ter de ligar múltiplas vezes. Se desistir muito facilmente, pode ser interpretado como não estando suficientemente interessado para começar.

   Portugal

Telefone aos seus leads portugueses antes de lhes enviar um e-mail. Seja informal no primeiro contato, mas evite fazer perguntas pessoais. Envie um e-mail de follow-up após a primeira chamada de negócios, resumindo os pontos chave, para garantir uma reunião eficaz, e para que na próxima chamada consiga fazer um acompanhamento mais personalizado.

   Espanha

Prepare-se para uma chamada longa, já que os espanhóis são propensos a conversar. Numa chamada de negócios atenda o telefone com “Digame”, em vez de “Hola”.

   Suiça

Nunca telefone antes das 9h00 nem depois das 20h00, e apresente-se sempre em primeiro lugar, antes de perguntar pela pessoa com quem pretende falar. Os suíços são conhecidos pela sua pontualidade, por isso telefonar depois da hora marcada, ou não estar preparado para a chamada, será um ponto desfavorável.

   Reino Unido

A polidez e as boas maneiras são importantes para a sociedade inglesa, por isso durante a chamada conte com muita subtileza e conversa informal antes de passar aos negócios. Ser pontual é importante no Reino Unido e nunca comer enquanto está ao telefone. Espere por muita conversa fiada, e uma agenda vagamente ocupada.

  Estados Unidos da América

Os americanos são diretos e conduzem os negócios com um estilo informal ao telefone. O melhor negócio quase sempre prevalece. Seja direto nas negociações por telefone, e espere uma interpretação literal, pois existe frequentemente pouco texto nas entrelinhas. As decisões são tomadas a um ritmo rápido e os americanos sentem-se confortáveis em conduzir negócios sem necessidade de reuniões presenciais.

Seguir a etiqueta de negócios de um país não é apenas ter boas maneiras, mas também fazer bons negócios.

Seja internacional

A comunidade global continua a expandir e fortalecer-se, resultado de tempos incertos. Não fique para trás! Promova os seus imóveis em todo o mundo através da rede internacional de portais imobiliários ListGlobally.

Mais sobre a ListGlobally

A ListGlobally é a maior rede de portais imobiliários em todo o mundo. Publicamos imóveis de 100.000 agentes mundialmente, e publicitamos em cerca de 100 portais imobiliários em mais de 60 países.

A nossa empresa tem sede na Suíça e desde 2012 que ajudamos profissionais do imobiliário em todo o mundo a ligar-se a compradores estrangeiros. A ListGlobally garante que os seus imóveis estejam visíveis no país de origem de potenciais compradores e são traduzidos em 25 idiomas distintos.

 

2

Subscribe to the Newsletter

Recent blog post

  • Sep 12, 2022 12:39:00 PM |
  • ListGlobally Marketing

How to improve your Properstar agent page to stand out

  • Aug 10, 2022 12:20:25 PM |
  • Shanna Mawer

How to sell more properties this summer